Arquivo da tag: mysql

O que são literais no MySQL?

Se buscarmos no dicionário: literais são significados. Descrição de algo, na forma de texto. No MySQL, Oracle, SQL Server, ou qualquer outro banco de dados, uma literal é o conteúdo de uma variável, ou, simplesmente, um valor oferecido para uma comparação.

SET var_Nome = ‘ALEXANDRE’

No exemplo acima estamos atribuído a literal ALEXANDRE à variável var_Nome. Podemos dizer que o conteúdo (ou significado) de var_Nome é ALEXANDRE.

Ah! Entendi!!! Tudo que está entre aspas é uma literal. Não tão rápido. A analogia é boa, mas, imperfeita.

SET var_Eu_Remexo_Muito = FALSE;

SET @var_Preco = 10;

SET @Qtde = 3;

SET @Total = @var_Preco * @Qtde;

FALSE (0) é uma literal que foi atribuída à var_Eu_Remexo_Muito . Apesar de meus filhos adorarem Madagascar, e, eu ser simpatico ao Rei Julian, eu não gosto de dançar. Logo, FALSE ( 0 no MySQL) descreve o conteúdo da variável à qual foi atribuída.

Continue lendo O que são literais no MySQL?

MySQL na Amazon AWS: RDS ou EC2?

Caras, estamos há dois dias da estréia do Star Wars no cinema. Nível de ansiedade nas alturas 🙂

Mas, voces não vieram aqui para falar de Star Wars. Então, vamos ao que interessa, e, deixemos que lado negro da força para iluminar sua mente.

Sopa de letrinhas: AWS é Amazon Web Services. Aliás, acho que “web”nem caberia mais, visto que os serviços da Amazon alcançou patamares muito mais elevados. RDS é a sigla para Relational Database Services, e, EC2 Elastic Compute Cloud.

Se voce jogar tudo isso é um liquidificador Kaminoano, teremos então um serviço de cloud, ideal para hospedagem de servidores de banco de dados.

A pergunta que sempre me fazem é: Devo hospedar meu banco de dados MySQL em RDS ou EC2?

Minha resposta padrão sempre prevalece: “Depende, pequeno Padawan”.

Vamos entender, em linhas gerais, quem é quem:

RDS: Uma instância RDS é uma abstração de um servidor de banco de dados. Além de não a figura do hardware, não tem sistema operacional, e, nem a instalação do banco de dados. Pode ser entendido, de maneira crua, como um banco de dados virtualizado. É  um banco de dados fornecido como serviço (DBaaS). Atualmente, os seguintes bancos podem ser contratados como RDS: MySQL, MariaDB, Aurora, Oracle, SQL Server, e, PostgreSQL.

EC2: O EC2 é mais do mesmo, é a boa e velha VM (máquina virtual) que vc virtualiza o hardware, instala e configura o sistema operacional de sua preferência, o sistema de arquivos, e, então o banco de dados. Tudo podendo ser configurado sob medida e gosto. Qualquer banco de dados pode ser instalado num ambiente EC2.

Há muitos bons artigos sobre RDS e EC2, e já adianto que há defensores, fervorosos, dos dois lados. A melhor pessoa para te dizer qual o melhor caminho a seguir: RDS ou EC2, é voce mesmo. Portanto, vai um guia básico de perguntas que voce mesmo deve se fazer para tomar a melhor decisão. Continue lendo MySQL na Amazon AWS: RDS ou EC2?

MySQL e o GDPR

O que é o GDPR?

Global Data Protection Regulation ou Regulamento Geral sobre Proteção de Dados é uma regulamentação, criado pela União Européia, mas, com abrangência global. Antes de ser uma regulamentação, é acima de tudo, um belo conjunto de boas práticas que deveria ser adotado por toda empresa que, de alguma forma, coleta e manipula dados de pessoas (físicas e/ou jurídicas) e estão interessadas em manter sua imagem institucional, além, obviamente, de mitigar prejuízos financeiros.

A GDPR não é uma regulamentação nem modismo de última hora. Ele começou a ser rascunhado em 2010, e, começou a ganhar corpo e forma por volta de 2012. Aprovado em 2016, quando foi definido sua data de entrada em vigor a partir de 25/06/2018, portanto, existiu um prazo extenso de quase 2 (dois) anos para que as empresas se adequassem à ele.

Continue lendo MySQL e o GDPR