Arquivo da tag: mdm

Qual a diferença entre ETL e MDM?


MDM
ETL é um velho conhecido. ETL significa Extract – Transform – Load, ou, em “bom quase bom português”: Extrair, Transformar e Carregar. Nos últimos anos alguns “vendors” (fabricantes), notadamente, a IBM, tem aparecido com “várias variações”, tais como: TEL e T-ETL, por exemplo. Mas, no fundo “ETL” em que pese o significado de suas “letrinhas combinadas” é um processo de migração, de transporte de dados.

 O objetivo máximo de uma ferramenta de ETL é transportar dados de uma ou mais fontes de origem (A) para um destino (B). Normalmente, (A) é uma banco de dados relacional e/ou arquivos texto (xml, csv, “plain text”). E, o destino ou (B), geralmente, é um Data Mart ou Data Warehouse (banco de dados relacional, NoSQL, BigData, etc). Obviamente, existem outros usos mais específicos (e até mais bacanas) para ETL.

Continue lendo Qual a diferença entre ETL e MDM?

Master Data (Dados Mestre)

Master Data, ou, Dados Mestre, como resolveu-se traduzir ou convencionar para a língua portuguesa. Por que isso tem tudo a ver com adata_caos vida de DBA’s, DA’s, e Desenvolvedores?

O conceito não é novo. Mas, em tempos de Real forte, aquisições, fusões, joint-ventures, crescimento e prosperidade em terras brasilis, este conceito ganha bojo e destaque em corporações de médio e grande portes. Do conceito de Master Data lança-se ao MDM (Master Data Management), e, é a base para qualquer processo de Data Quality. Neste artigo vou usar o estrangeirismo, pois, acho mais bonitinho 🙂

Se fizermos uma busca na internet sobre o que é Master Data, encontraremos inúmeras definições, particularmente, prefiro as definições endereçadas pela Oracle e Semarchy. Continue lendo Master Data (Dados Mestre)