A versão “Herbert Richers” da conferência do MySQL foi desapontadora. Para quem não sabe, este ano foi a última vez que tivemos a MySQL Users Conference. Quem foi… foi, quem não foi, perdeu. Estive lá na melancólica (e com cara de última mesmo) edição.

Ano passado, tivemos a primeira edição brasileira da MySQL Users Day, Users Conference, não importa o nome. Também em dezembro, no Hotel Renaissance, com mais de 350 pessoas presentes, durante todo o evento.

Neste ano, occoreu, assim como no ano passado, concomitantemente com o Oracle Open World Brasil. Até aí, nada de mais. Mas, percebi que houve um desleixo total na organização. Apesar do suntuoso local (Sheraton), a localização é horrorosa para quem vai de carro. Opa, espera aí? Ninguém pensou na galera que precisa do buzumbão? No mínimo uma falta de respeito, ou, dislexia regional. Acesso ruim, para dizer o mínimo.

Um evento entediante, com apresentações igualmente entediante (a começar pela minha). Não escolhi minha apresentação (foi escolhida). O controle para trocar slides não funcionava (uma vergonha), não pude usar meu notebook para animar o pessoal com apresentação hands-on, e, pior, me deram tão, somente, um microfone no púlpito.  Quem já assistiu alguma palestra minha sabe que eu gosto de movimento. Enfim, uma tragédia anunciada em minha opinião.

Mas, o pior mesmo foi a audiência. Reservou-se um local para 700 participantes, quando o pico registrado foi de 85 pessoas, sendo 12 da Oracle. Quando falei, haviam 53 pessoas. Não é este o problema. Quem me conhece sabe que gosto de falar de 3 coisas, e de 3 coisas somente: MySQL, aviação e mulheres (meu hobby preferido apesar de toda a geekice). Só que isto demonstra a falta de cuidado com o qual o evento foi tratado. Numa sala para 700 pessoas, preenchida com 50, além de ficar feio, é desanimador para quem está lá dentro (audiência e palestrante).

Será que isto animará a Oracle a fazer uma nova conferência no ano que vem? Insisto, não importa a quantidade de pessoas, falar de MySQL e rever amigos é sempre bom, mas, a falta de trato com o MySQL e com o evento foi desapontador.

Quero registrar meu obrigado à Oracle por ter liderado a iniciativa, ao João da Targetware e à Mara da HTI Tecnologia por terem patrocinado o evento.

Quero registrar ainda meus agradecimentos ao TexMex guy Pedro Andrade, Manu, Katya, Airton, todos da Oracle, por sempre cuidarem bem do MySQL e por se deslocarem de seus países para virem apresentar boas novas sobre nosso RDBMS.

Agradecer também ao Mat, R.Nigro e R.Mason por apoiarem o evento, virem de tão longe, para mostrar que o MySQL tem vida longa. Espero que a péssima organização deste evento não os desanime de fazer um próximo.

Enfim, agradecer a todos que compareceram a apoiaram nosso banco de dados.