MySQL 5.5      A versão 5.5 do MySQL chegou sem muito alarde, no calar da noite, substituindo a versão 5.4, talvez, a versão com menor vida útil da história do produto. A bem da verdade a 5.5 é um grande “bug fixing”, que chegou para corrigir uma série de “bugs”, principalmente, para quem utiliza particionamento.

Ainda, não fizemos nenhum teste com esta nova versão, embora já tenhamos baixado e instalado-a em um computador de testes. Contudo, o mais importante, agora é entender o que mudou e se vale a pena arriscar-se e colocá-la em produção, segue as principais novidades:

  • Replicação semi-síncrona (lembre-se que a replicação do MySQL é 100% assíncrona)
  • Agora pode-se se usar os tipos: VAR/VARCHAR, DATE e DATETIME nos particionamentos RANGE e LIST (antes só era possível tipo INT)
  • MySQL Prunning ficou mais inteligente, podendo haver múltiplos parâmetros na clausula WHERE para recuperar linhas contidas em partições
  • Cache Index/Load Index agora é permitido com partições
  • Manutenção (REPAIR/OPTIMIZE/ANALYSE) de partições funcionando (haviam vários problemas com manutenção de particionamento)
  • Novidade: Comandos BACKUP e RESTORE TABLE
  • Novidade: Comandos LOAD TABLE & LOAD DATA FROM MASTER
  • Novidade: Comando LOAD XML

Mas, como eu disse, a versão 5.5 é na verdade uma grande correção de bugs, com alguns novos comandos e funcionalidades. Como disse, ainda não testamos a versão, tão logo seja testada publicaremos o resultado. Agora, chique mesmo ficou este tal de “m2” acrescido ao final Undecided